26/06/07

O islamismo

Filosofia

O seu objectivo é configurar quer as vidas individuais, quer a sociedade no seu conjunto, de forma a assegurar que o Reino de Deus possa ser efectivamente estabelecido na Terra e que a paz, o contentamento e o bem-estar possam preencher o mundo. O modo de vida islâmico é assim baseado num conceito único do lugar do homem no universo.

Segundo o versículo 9.III do Corão:

Alá comprou aos crentes as suas almas e as suas riquezas porque lhes pertence o Paraíso: combatem na senda de Alá e matam ou são mortos. É uma promessa d’Ele (…) quem é mais fiel do que Alá ao seu pacto? Alegrai-vos pelo contrato que com Ele haveis concluído! Esse é o êxito maior.

Noções

- Iman é o nome islâmico para significar este contrato.

- Hezbollah - partido de Deus

- Jihad é a luta do homem com a sua alma, à procura de pureza espiritual e a defesa do islão contra os seus inimigos físicos.

Regras básicas do islamismo radical

- Recusa da separação entre do islão como religião e cultura, do Islão como política e ideologia;
- Existência de teopartidos baseados no Corão e na Suna;
- Forma de fazer política – política de Deus (mistura entre religioso e político);
- Teocracia
- Utilização do Corão e da Suna como mamifestos políticos.


Lisboa, 26 de Junho de 2007-06-26

Carla Mondim

3 comentários:

Vieira Calado disse...

Estive a ler com atenção e aprendi alguma coisa.
Um abraço

Ad astra disse...

Ate que enfim descubro um blogue que fala de coisas uteis
Facto � que desde que o descobri tenho aprendido.
Volto.

CMondim disse...

Obrigados, obrigados ;)

já agora oiçam o meu programa na rádio - Hora do Crime (www.horadocrime.net).